Custóias: Presidente da Junta faz balanço e apresenta alguns projectos

"Saneamento na freguesia está muito mal"

 

A poucos dias da apresentação pública dos símbolos heráldicos da freguesia de Custóias, José Tunes mostra-se satisfeito pelo galardão de vila. "É no fundo reconhecer com humildade que algo foi feito por quem vive ou trabalha em Custóias, na certeza de que muito ainda há para fazer", confessa o presidente da Junta. Fazendo um balanço destes dois últimos anos da autarquia confessa-se "razoavelmente satisfeito com os resultados", mas adverte que na Junta "os projectos são muitas vezes ambiciosos e vão além das limitações financeiras a que a autarquia está sujeita", adiantando que isso não impede que se faça a devida reivindicação junto das entidades competentes.

 

O quartel da GNR e o centro de saúde para a freguesia têm sido alvos de alguma indignação por parte dos custoienses. Porém, José Tunes afirma que o quartel da GNR é o exemplo mais visível "da grande indignação de quem de um lado se esforça por entre processos burocráticos intermináveis para que os projectos se desenvolvam". De acordo com o presidente da Junta, apesar das diligências continua sem efectivos a exercer as suas funções num edifício com todas as condições necessárias e que dentro de algum tempo necessita de obras.

 

Outro exemplo que o entristece é o centro de saúde. Recentemente foi anunciado pelo director da Unidade Local de Saúde de Matosinhos que esta não é uma necessidade sentida pela freguesia associada à falta de verba para o seu funcionamento. Tocando alguns aspectos que preocupam a autarquia confessa que o saneamento na freguesia está muito mal, tornando-se a parte mais negativa. "Mais de 40 por cento da freguesia está sem saneamento e os grandes problemas são os esgotos a céu aberto", admite o autarca acrescentando que tem feito reivindicações junto da Câmara e do SMAS. O bairro de S. Gens é outra situação preocupante, apresentando alguma degradação interior e exterior. De acordo com o presidente a empreitada está em concurso e brevemente começarão as obras.

 

Referindo-se às actividades levadas a cabo pela autarquia, adianta que a educação teve no ano passado um foco por excelência. A grande preocupação do executivo foi melhorar os equipamentos das escolas da freguesia, onde todas as escolas da freguesia sem excepção viram melhoradas as suas instalações. Considerando que as crianças são um valor a proteger e a promover lembra que a Junta de Freguesia aposta, este ano, em promover e apoiar as actividades de âmbito pedagógico, ocupação de tempos livres, estimulação do gosto pela leitura e cultura.

 

Projecto "Vida emprego"

 

Uma vez remodelados os parques infantis na sua totalidade, oferecendo uma grande segurança e diversidade nos aparelhos está já projectada a criação de um novo parque infantil em Esposade, cujo local é outro grande objectivo do executivo. Tratando-se de um ponto de tradição e história da freguesia o primeiro passo foi a criação do polidesportivo. Depois disso será o parque infantil, estando em projecto o arranjo urbanístico do largo de Esposade e Gondivinho. No que toca à acção social Custóias apresenta o projecto "Vida emprego" que visa potenciar a reinserção social e profissional de toxicodependentes que se encontrem ou que tenham terminado o processo de tratamento.

 

 

Por: Natércia Ribeiro in Matosinhos Hoje: edição de 21-04-04

 

 

Voltar atrás

 

Webmaster: Hugo Costa 2003