Núcleo do CDS/PP em Custóias toma posse

 

Artur Ferreira foi empossado, na segunda-feira, como líder do Núcleo de Custóias do CDS/PP. Durante a cerimónia, o líder dos populares do concelho, Paulo Coutinho, salientou o papel da estrutura para que seja possível ganhar as próximas eleições autárquicas "certamente em coligação com o PSD". No caso concreto de Custóias, o mesmo dirigente lamentou "estarmos perante uma freguesia esquecida e marginalizada". Por sua vez, Artur Ferreira reconheceu a necessidade de ir ao encontro das pessoas residentes, pois só assim será possível fazer um levantamento das carências mais prementes dos moradores. "Entendo que é mais importante valorizar a questão social por oposição ao betão", acrescentou. Por essa razão, Artur Ferreira reconhece a necessidade da freguesia ser dotada de um centro de dia, à semelhança do existente na vizinha Leça do Balio, e de espaços verdes.

 

Novo templo

 

Outra das questões referidas durante a tomada de posse foi a construção de uma nova igreja para a freguesia. Segundo o líder local do CDS/PP, o pai de outro militante, Adelino Cavadas, doou um terreno para que ali fosse construído um novo templo católico. "No entanto, esse terreno foi aproveitado pela Junta de Custóias para construir o parque de estacionamento de apoio à feira. Por isso, o terreno está a ser mal utilizado", criticou o dirigente popular. Artur Ferreira lamentou ainda o estado de degradação em que já se encontra o posto da GNR, bem como a dualidade de critérios para a atribuição de subsídios a instituições da freguesia em relação a outras zonas do concelho. Como exemplos, o CDS/PP apontou o Leixões que recebeu 64 mil euros e o Centro Social de Leça do Balio distinguido com 22 mil euros. "O nosso centro social recebeu apenas 12 mil euros".

 

 

Por: Eduardo Coelho In O Primeiro de Janeiro edição de 24-03-04

 

 

Voltar atrás

 

Webmaster: Hugo Costa 2003