Procissão Senhora das Dores em Esposade

Multidão de fiéis

 

O lugar de Esposade, na freguesia de Custóias, viveu, no domingo, as principais celebrações religiosas em honra de Nossa Senhora das Dores. Além das autoridades, a procissão contou com muitos devotos que ali foram cumprir as suas promessas.

 

A devoção a Nossa Senhora das Dores é muito antiga no lugar de Esposade, em Custóias. Esta convicção foi-nos transmitida pelo pároco da freguesia, padre José Loureiro de Pinho.

 

As festas incluem um programa diverso, que tem como ponto central a procissão do passado domingo, que contou com a presença de Narciso Miranda e José Tunes, presidente da junta de Custóias, e representantes de instituições da freguesia.

 

A cerimónia contou com os andores que transportavam Santo António, S. Francisco, Santa Rita, S. José, Sagrado Coração de Jesus, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora da Piedade e Nossa Senhora das Dores.

 

O acompanhamento foi feito pela fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Leixões e a banda de música de Cête (Paredes). A procissão contou ainda com os tradicionais devotos, sobretudo mulheres, que, dessa forma, cumpriram as suas promessas a Nossa Senhora das Dores.

 

Do ponto de vista religioso, o programa das festas de Esposade incluiu ainda uma procissão de velas que, na noite de sábado, fez o percurso entre a igreja paroquial e a capela daquela zona.

 

Na manhã de domingo, foi celebrada uma missa evocativa, que foi acompanhada pelo grupo coral de Esposade.

 

 

Por: Eduardo Coelho  in O Primeiro de Janeiro edição de 22-09-04

 

 

Voltar atrás

 

Webmaster: Hugo Costa 2003